Archive for maio \29\UTC 2009

Helena
29 d e maio d e 2009

O site Ego publicou ontem as primeiras fotos da atriz Taís Araújo vivendo a primeira Helena negra nas novelas de Manoel Carlos. É engraçado como que a propaganda é a alma do negócio né?

Se não fosse o bom desempenho das novelas do autor, e se não fosse a competência da atriz em questão, se olharmos com carinho a foto, a gente já pensa:

1) Helena será uma boneca inflável com o rosto transplantado numa personagem gostosona do jogo The Sims.

2) Essa será a primeira novela Global onde o mundo conhecerá a interação ativa entre novela + Photoshop (muito blur) + uma mutação gritante graças a varinha mágica.

3) O que esperar de uma novela dessa? Bora parar com essa mania de deixar a camareira brincar no photoshop e fazer um serviço direito?

Anúncios

Rainha do baile
28 d e maio d e 2009

Meu pai amado! Eu deveria ficar feliz, sair pulando dessa cadeira igual uma lebre, feliz pelas viadas estarem conquistando seu espaço, mas ow! Por mais que eu adoro esse meu jeito minini-munyta de ser, o pódio gay as vezes me assusta.

G1

Ok que Priscila já foi a Rainha do deserto, Madonna é a rainha da bicharada, Mulher Melancia é a rainha da “gostosura localizada”, mas oi! Viadinho ser R-A-I-N-H-A do Baile é sem dúvida chokz. Muito mais justo fazer um concurso tipo Rainha do Baile só pras meninas, outro como Príncipe da Valsa pros meninos e quem sabe um Purpurina da Noite pras mininis.

Aí você pensa que, ou as menininhas dessa escola estão todas na ausência de feminilidade e pureza, ou o viadinho vitorioso ahaza no “Megazord”.

ÓBVIO! Bicha teen que é bicha teen, tenquitê essa franja escovada, pranchada, trabalhada no reparador de pontas e modeladas com pentshy Hello Kitty. A jaquetinha de couro é pra mostrar que é hype mas alguém me explica que porra de pose é essa? A pessoa ta parafusando a cabeça de donzela no pescoço? Alguém avisa que rainha tem que estar poderosa e não tem que fazer essa carinha de bailarina em comercial de analgésico. E aí a pessoa ainda me solta uma dessa:

“Eu vou vestir um terno. Mas não se enganem, pois, no fundo, eu sou uma rainha”,

Lá no bairro onde eu cresci, a mãe que ouvisse o filho falar uma coisa dessa, colocava pregador de roupa na cabeça do pinto e gritava loucamente: “só vai sair do castigo quando tiver com o pinto gangrenado. VIRA HÔMI MININO! sem vergOnha…”

Momentos difíceis
27 d e maio d e 2009

Fintshy Finthy Finthy por um momento vai virar um “querido diário” e pelamoooor… Alguém encomenda uma bomba pra sala ao lado?

Cara! Nada contra pagode (MINTSHÉRYS! TU-DO contra pagode), mas ficar trabalhando tentando ouvir em paz minha bela playlist do blip, e ter que competir o volume com uma um som de pandeiro Ê cavaquinho, vindo de uma caixa de abelha somada a voz fanha de uma bela mocinha roliça ao lado, não… não tá bonito!

Vem cá… Quenhé que inventou o pagode heim? Me diz? Quem foi o fidi vaca com traveco que inventou de somar cavaquinho + pandeiro + um sujeito de cabelo loiro passeidaconta e fazer disso uma música cantada pela mocinha ao lado? Isso porque eu ainda não fui lá bater na mesa, enfiar o dedo na cara da depravada e falar: “AMIGA… Ô VOCÊ CALA A BOCA OU EU TE ENFIO ESSA LIXEIRA GUELA ABAIXO!”

Me bate um desespero único quando você quer ouvir o refrão da música How Long (Out Hud) e do nada me vem um “terê terê terê… não amo ninguém como você” que, sério! Se o blog ficar desatualizado pelas próximas 42 horas, foi um prazer falar com vocês, mas o colo de Clodovil me aguarda. E SIM! Podeapostá que levo a gorda comigo. Beijos!

Lama Adiddas
27 d e maio d e 2009

Ai ow! Desculpa meus amigos que estão no site, mas eu preciso mostrar. Dei muita crise de riso com as xoxadas desse povo e acho digníssimo compartilhar, afinal de contas, a gentshy AMA uma lama né fya?

mais fotos!

Lady gulosa
26 d e maio d e 2009

Ego

Aí a gente lê esse tipo de coisa e pensa: Meu, é uma coisa óbvia! Pode ser qualquer diva pop que tenha dito isso (nesse momento, tire High School Music da sua cabeça) que o fato é, quem gosta de pinto pequeno se joga no dedo mindinho. Não! Esse papo de que tamanho não é documento já foi, senão ninguém até hoje estaria tirando foto 3×4. Afinal, porquê três po quatro? Porque não 5×6, 1×9, 24×69… (nota mental: porque esse é o tamanho padrão para determinados documentos, ou seja, TAMANHO É DOCUMENTO SIM!) Tá! Designer filosofando é quase tão incrível quanto apreciar um acasalamento de tartaruga, eu sei. Vamos prosseguir…

A matéria em questão se refere a nossa querida ora cantora ora árvore de natal ora croqui de travesti, Lady Gaga. Em entrevista a um jornal australiano, a cantora disse que uma jibóia abaixo do umbigo é sim importante e que ela só se relaciona com homens desse tipo. O curioso é que, segundo a Gaga, apesar de parecer biscate ela não se considera promíscua (apesar desse autor parecer viado, ele é hetero.. uhum!) e que, mesmo dizendo amar uma “boca cheia”, ela não pretende intimidar os possíveis pretendentes.

É nessa hora que a gente chega por trás, dá uma cutucadinha no ombro da amiga e compartilha:

AMIGA, não é gostar de coisa grande que vai reprimir os bophis. Talvez o que assusta é uma mocinha na sua idade insistir em sair de casa fantasiada de Pedrita alcolizada, achar sempre necessário aparecer de boca semi aberta num ar de “sexy machine” e ainda assim querer se desejada. Em BH ok! Ao menos na noitshy já é super tendência ir pra balada trabalhado no Cavaleiro dos Zodíaco, mas nem todo mundo sente atração por uma pessoa que se veste como “um resumo do que é moda no programa da Xuxa a 5 anos atrás”. Isso sem falar do tiquinho de polêmica que a senhorita carrega nas costas e do show de perereca incendiada que costuma rolar nos seus vídeos clipes.

Mas se quiser começar pela base, tenta um outro nome porque Lady Ê Gaga, já temos nossa diva. E na versão loira, maquiada, discreta e super sensual:

Youtube

Susu dá a dchyca
22 d e maio d e 2009

Depois de tanta polêmica em torno da nossa celebridadshy, eis que surge a realidadhy! (meu forte é a rima)

Recebi esse creme por email. Não tenho idéia de quem fez, mas foi uma alma boa. Os créditos vão pra ela.

A bendita calça dobrada
21 d e maio d e 2009

Ow! Preciso falar… Moda pra adolescente em fase de “gente, tá crescendo pêlos na minha tiza“, é uma disgraceira. Se você é alguém na noite e resolve pendurar um pregador de roupa em cada orelha, pode apostar que no outro dia vai estar cheio de pirralho andando com um pendurado e achando um máximo.

Hoje o site G1 publicou a seguinte matéria:

G1

Não vamos ser rudes. Calça apertada, ok! Sapatos e botas meio “cowboys”, ponto pra eles! (pode me chamar de cafona mas eu acho lindo!) Até certo ponto eu até concordo com a molecada. Eles usam umas roupas legais e tals. MAS PERAÍAM! Dobrar uma perna da calça?

Minha Santa das Bichas Desesperadas, valeime! Esse povo num tem mais nada pra inventar não? Então quer dizer que fazer um estilo “acabei de bater a canela na quina da mesa e ta sangrando” agora é hype?

Ah não ow! PELAMORDEDEUS. Pode até ser que Saci Pererê está super orgulhoso de si em algum lugar da cultura nacional, mas oi!

Aí você vai ler a matéria e toma na cara um depoimento assim:

(…) Apesar de não curtir muito o som dos meninos, Lucas Ley, 14 anos, é outro anda por aí com uma perna coberta e outra nem tanto. “Tenho uma calça que vira short. Aí tiro a parte inteira de uma das pernas e uso dos dois jeitos ao mesmo tempo. As pessoas ficam olhando quando eu passo, acham meio esquisito, mas eu não ligo”.

Regra número 1) Que mãe que ama o filho, é capaz de comprar uma calça dessa pro menino? 2) Que mãe que ama o filho, deixa o menino sair na rua vestido assim? 3) Mãe? Cadê a mãe dessa criança?

(…) Nathalia Bastos, de 13 anos, curte usar uma perna da calça mais curta que a outra. “Comecei a usar porque a Anahy do RBD usava muito e eu gostava. O Nick usa também e virou mais um motivo pra eu continuar”, conta ela, que usa a novidade para ir ao shopping. “As pessoas ficam olhando, acham que eu estou brincando. Meu pai chegou e perguntou se eu tava ficando doida”, diverte-se. (…)

E que pai santo esse né? Perguntar se a filha tava ficando doida! Um pai presente trancaria a filha em casa, comprava uma coleção de A Turma da Mônica Jovem e mostrava pra filha que aquela referência poderia ser algo mais acessível. Se bem que depois que eu vi o Cebolinha adolescente usando colete salva-vidas pra ir na balada… Ok! Também não…

(…) “Nenhuma mulher gosta de menino com cara de sujo”, completa Ana Júlia Seixas, 11 (…)

Realmente uma pessoa com uma calça dobrada até o meio da canela é sinal de homem limpo e bem vestido! Nem posso discordar de uma criança de 11 anos porque, né? São 14 anos de diferença até mostrar pra ela que sujeira masculina é sinal de vigor e destruição sexual (enfie as seis garras – TEIXEIRA, Felipe). Que alguns músculos e cara barbada é sinônimo de masculinidadshy, e que o homi quando é homi, pode rolar na lama que tamo junto.

Éh! Eu não critico esse momento da puberdade alheia porque todo mundo aqui já seguiu tendências daquelas bandas que gostavam, e isso é fato! Eu por exemplo, sempre fui o da turminha que odiava Backstreet Boys, Britney e adjacências, me jogava no Comandos em Ação (eu tinha cada soldado amiga…) e adorava uma corrente tipo Linkin Park, mas hoje tô aqui. Um homi que adora vestir o que dá na cabeça mas ainda assim, sabe da importância de ficar ligado nas tendências.

Beyoncé

Aliás eu tenho um casamento pra ir no final do mês e achei esse laço um luxo. Vou ahazar se chegar na igreja embrulhado pra presentshy…

A dança pega
19 d e maio d e 2009

Hoje, enquanto eu caminha feliz e com muito sono escondido atrás de uma tv de tela plasma chamada de óculos, sono esse porque ficar até de madrugada num hospital não é bonito, eu passei ao lado de um posto de gasolina e por incrível que pareça, aquilo me chamou MUITO a atenção.

Acontece que um gingado malemolente me descontrola. Se eu vejo alguém dançando, já me bate uma invejinha somada a doses cavalares de vergonha alheia, mas eu paro qualquer coisa pra ver. E aí que vi um daqueles bonecos de postos todo trabalhadado na tina guache escorrida, dançando freneticamente e vi que, apesar de mecanicamente estimulado, daquele remelexo poderia sair boas idéias.

Meio que instantaneamente eu pensei: Cara! ele é um boneco, sabe trabalhar calado, possui um ritmo envolventshy… porque não dar aula para pessoas tipo Sexy Dolls? Porque sério…

Eu vejo umas coisas dessas e fico me perguntando: Porque meu Deus? Porquê?

Pra mim, sexy tem que ter alguma coisa sensual envolvida, que vai muito além de bater cabelo e conseguir fazer caras sensuais ao invés de expressões tipo “to travada na boca aberta, liga pro meu médico”! Isso desconsiderando a diferença entre REBOLAR e DANÇAR VALSA SOZINHA! Oi!

Mas néam? Juntar uma ex-talvez-não sai-lésbica, uma virgem pornô e alguém que atende por Boing Boing, já tá tudo errado. Aí as 3 resolvem fazer uma música cativante, um figurino inovador e apostar no retrocesso do entretenimento, com coreografias de gincanas em clínicas de reabilitação. Ah não!

São essas coisas que me fazem perder o tesão pela TV brasileira. Com tanta gente rebolante por aí…

Essa versão psy de TV Colosso por exemplo! Super in

Amizadshy de emoticons
15 d e maio d e 2009

Porque nós acreditamos que, enquanto os computadores estão desligados, rola um metiê pesaaaaaado no êméssiêne bróader…

beijos…

Quem abriu o photoshop?
14 d e maio d e 2009

Meo, queinhé que deixou Dona Martxinha do café brincar no Photoshop? Eu já disse que NÃOPODE. Mas como não consegui evitar tal tragédia, vamos aos comentários:

Amy coitada.. tava com a tireóide inchada. Hormônios minha gente, hormônios. E ainda pseudo-minicraque. Não comento as chamas de fogo porque acho injusto.


Elijad Wood tava com conjutivite no último grau e com os olhos gentilmente pintados de caneta Bic azul. Um sonho. Dai os efeitos da “baba de sangue” foram feitos com Bic vermelha, pra não ter mistura de matéria-prima. Inteligente.
Mas só G-sus (lê-se dji-zus) pra explicar as marcas de paredes com infiltração na pele do cara Ê o bigodinho que certeza que foi a mãe dele quem fez pra festa junina. Não comento o esmalte vermelho 40 Graus by Colorama no pescoço porque acho indiscreto.


Nicole Kidman, se morta estivesse, revirando no caixão agora ela estaria. Quem não reviraria quando é divulgada uma foto sua com ESTRIAS NO ROSTO, BLUSH MAL PASSADO, OLHO DE MACONHADA, BABA VERMELHA NO CANTO DA BOCA (porque se tinha dente ali já caiu, vamo combinar) e sangue BORRIFADO PELO CORPO.

Ah ma vá…

________________________

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL!

Meu nome é Débora, tenho 23 anos e como compulsivamente. Beijos.
Mentira.
Não, é verdade.
E sou designer. Eu poderia estar roubando, matando, me prostituindo (humm..) mas estou aqui para postar meus poeminhas:

..

tô de brinks 😉