Mais papo de ônibus

Era 21:30 da quinta feira, o ônibus havia demorado no mínimo uns 37 minutos, eu já estava esgotado de tanto dar braçada naquela piscina mijada, na maior pressa afim de chegar em casa a tempo de ir no aniversário de uma grande amiga (Amiga, desculpe MESMO) e mal sabia eu que além de tudo isso, o caminho até em casa seria um tanto quanto doloroso.

Ficar em pé até um determinado ponto da viagem, ok! É o mínimo que tenho que aturar pra quem mora 3km depois de atravessar o rio numa balsa cabulosa (Brinkz!). Aí, quando surge um lugarzinho, as pernas pedem pra sentar e, mesmo que tendo que disputar o lugar no tapa, eu consegui. Sentei…

Lá estava eu, lindo, loiro, iraquiano e fuzilado, até que o lugar ao lado fica vago e me senta um TORCEDOR DE FUTEBOL COM FONE NO OUVIDO. Imediatamente eu já abri aquele sorriso do tipo “ai, sai daqui?” mas né? Tadinho… A falta de noção estava no mocinho assim como a paciência não estava em mim. Então veio o colapso:

– (Um sorriso onde o canino esquerdo ficou esquecido no buteco) Eeeeeeh… O Cruzeiro perdeu mais um jogador.

reflexão 1 – AMIGO! QUE CRUZEIRO? Olha minha cara de quem AMA futebol?! Aliás, você podia ir ali falar do jogo de hoje com o trocador. Olha lá que pessoa esportiva? (nessa hora o trocador piscava mais lento que eu)

– To escutando aqui no rádio ZÉ! Fulano de tal machucou no “trêno”. Agora que vai “fudê” mais ainda o nosso time!

reflexão 2 – TRENO? NOSSO TIME? Eu que to aqui todo fudido, meu cabelo mal entra meus dedos de tanto cloro, todo o meu corpo dói, estou atrasado e você vem me falar que o “Cruzeiro” que ta fudido? Beuabô…

1) Não me chame de Zé porque eu tenho pavor dessa palavra. Aliás, quem inventou esse raio desse Zé? 2) O que eu tenho haver com fulano de tal? É bicha? Não? Ahn… 3) Quem falou pro Sr. que eu tenho qualquer intimidade com futebol? Olha pro meu corte de cabelo, repara bem nas minhas unhas, presta muita atenção na minha mochila Ê no meu sorriso acolhedor… Ta vendo minha camisa? Essa estampa “Salvem os poneys” num avisa nada não?

Gentshy… queeeeeee futeboooool? Que Cruzeiro? Eu tenho culpa se fulano de tal teve uma contusão? Eu tenho cara de fisioterapeuta? Não! Tenho cara de torcedor? Não! Tenho cara de quem vai ao Mineirão? Não! Então quêquiéééé?

3 Respostas

  1. Tirem os objetos cortantes da frente do amygho!!!
    Vc está como eu?!

    Vamos criar um clã de apavorados por conversas de ônibus?
    cheru.

    ps: Acho digno “Salvem os poneys”.

  2. Querido, identificação total! Eu só descubro que está acontecendo algum jogo quando o povo ‘grita gol’ no twitter. (São poucos os que fazem isso e estão bem perto do unfollow, mas abapha).

    Ao menos o boy estava com FONE, né, imagina se fosse um radinho chaindo no ouvido de todos?

  3. Míga,
    Não se deixe seduzir pelo mesmo preconceito dos homofóbicos.
    “Quer sentar com esse orgulho todo, vai sentar longe das minhas vistas…”, olha aí…
    Ninguém merece ter que ouvir conversa alheia compulsória, concordo; Falta crasse, dente e compostura, mas o povo é iminente, então relaxa e goza!
    O Nelson Rodrigues era carioca e o Oscar Wilde andava de carruagem. Mas tem espaço pra todos nesse nosso país do pônei, né? Afinal, o Noel sempre foi Rosa e você não dispensa um Atlético, né? huahuahuahua
    Bêzo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: