Cabelindo!
17 d e janeiro d e 2012

De volta
12 d e maio d e 2011

GEISY ARRUDA…

Gente que, assim como eu, tá insistentshy no erro, meu Deus…

Alguém aproveita a iniciativa e larga essa mulher nesse cemitério ou pede Nemesis pra guardar até 2012. Sério!

Gente, que isso?
25 d e fevereiro d e 2011

GENTEEE… quê qu’eu to fazendo aqui?

Devia estar dormindo porque amanhã o humor começa logo cedo, com 2 horas em pé num ônibus de gente linda/elegante/sincera cof, num calor belohorizontino que não há Seda Teddy Charles que resista e o mais curioso disso tudo é me perguntar: QUE DIABOS EU TO FAZENDO AQUI GENTE? Sá merda nem visitas tem mais e eu ainda insisto?

SIM! Insisto!

um, porque eu tô loka da pingola e não agOento dormir..

dois, porque tô toda derretida e esse calor do meu quarto não tá normal (sauna gay, venmigas)..

três, porque eu queria até estar mais feliz e achar alguma coisa interessante pra postar…

…que não fosse nossa adorável Fada Bela tentando ser perua com esse vistshydinho pisado, fazendo a linha rascunho de pictograma.

Ai.. tô azeda!

TA RINDO DO QUE FILHA? TÔ CAGADA?

HEIM? COMÉQUIFICA?
5 d e agosto d e 2010

Mas nós temos que agradecer a deus por inventar gente assim, sabe?

Angela Ro Ro não tinha lá muita coisa pra fazer e gravou esse vídeo fantástico:

Espero que a senhora continue louca e faça mais vídeos como esse. E tipos que já adotei, HEIM? COMEQUIFICA?

E se você der um tapa na pantera e ela reagir, HEIM? Coméquifica?

Justin Bieber vira HQ. Kgay.
20 d e julho d e 2010

Do EGO:

Depois de Robert Pattinson e da cantora Lady Gaga, chegou a vez de Justin Bieber ter sua vida contada em um livro de histórias em quadrinhos. A empresa Bluewater Comics, responsável pela publicação, divulgou a capa da revista nesta segunda-feira, 19. Segundo informa o site JSYK, a revista tem 32 páginas e será vendida nos Estados Unidos a partir de outubro.”

Eu realmente não sei o que tem pra contar da vida shimbalaiante dessa lésbica teen, mas vendo a capa da revista eu só consegui pensar em uma coisa, daí fiz essa montagem:

Justin versão hq

NÃO É IGOOOOAL?!

De nada, MAD.

óh quem táquí bem?
26 d e junho d e 2010

Ando tão sumidinho porém sumidinha né?

Pois eh menina.. to tentando voltar aos poucos. Nem sei se sei mais escrever. Saber eu nunca sube, mas quem precisa ser letrado pra falar da vida alheia néverdade?

Quero voltar aos poucos e ficarei vermelhinha de felicidade se todo dia eu acordar linda, bonita e cheirosa, mergulhada na inspiração e no bom humor pra voltar a tacar minhas bobagens aqui e conquistar o loosho e o glam. Só que pretendo conquistar e VIVER eternamente o loosho e o glam, porque assim…

…subir no palco toda montada no brilho e no poder e depois andar por aí fazendo a linha “fui pega espumando a boca na jaula do tigre”, não! Brigada!

Jeito Zeca de ser
22 d e outubro d e 2009

Eu não sei o que é pior:

EGO

Calma bem! É só uma cenoura.

1) Zeca ir a um restaurante light e, mesmo com o prato todo trabalhado no legume Ê na ver-dura, fazer essa cara de “ai amiga, acho que passei da conta na dieta”;

2) Zeca sair do No Limite e ainda assim frequentar restaurantes lights;

3) Ver que o fotógrafo foi realmente amigão nessa hora…

Aliás, nunca vi Zeca Camargo numa pose tão máscula e viril como esta. É muita cara de Lessy nesse meu Brasil.

Photoshop Fail
25 d e agosto d e 2009

E nessa leitura diária pelos caminhos da nossa querida blogsfera, eis que nos deparamos com mais um daqueles inteligentes momentos photoshop de ser.

Pegando uma carona no Katylene.com, a fotografia de Alexander Skarsgård mostra pra gente que pra ser sensual, não basta apenas ser bonito e sarado naturalmente…

Tem que usar todos os bons recursos do Photoshop para ter um suvaco cabeludo e o resto clean, porque é assim que o povo gosta. Aliás, acho que todo mundo já pegou a manha das características fundamentais da ferramenta Adobe né? Áh não?

Repassando:

1) Blur 0% – Para mostrar que você é uma pessoa cansada, trabalhadora, normal e que já deixou de ser alguém na noitshy.

2) Blur 50% – Aqui você pode ser o que quiser bêuabô. Não tem que ser apenas linda. Tem que parecer uma caneca de tomar chocolátshy quenthy!

3) Blur Capa de Revista – Basta um clique e já pódhy avisá pás amiga que você é uma celebridadhy/popstar/góticz!

Tomada pelo povo
5 d e agosto d e 2009

Lindo né? Adoro quando o artista é simpático, carinhoso e dá um minuto da sua atenção para seus fãs. De verdade! Acho bonitinho.

Nem que seja pra guiar uma passeata de gente fervorosa, o que importa é o carinho. Se qualquer pessoa olhar de longe e pensar que é mais um daqueles arrastões cariocas, não amiga. É susaninha puxando o grito “Pa,Pa,Pa,Pa pode parar porque o ‘Rôdo’ vai passar…”

Agora, bonito mesmo é a pessoa querer convercer a gente de que Maria do Bairro e Caminho das Índias não tem diferença nenhuma:

“E se eu passar por alguma loja e gostar de alguma coisa, eu vou comprar! Qual a diferença de uma loja da Rua da Alfândega para uma loja de shopping?“.

Tchô te mostrá bêuabô:

Shopping!

Rua da Alfândega. Pegô?

Mural do passado
31 d e julho d e 2009

Celebridade que é celebridade tem guardado no armário um acervo de peculiaridades que dá gosto de ver. Claro que isso acontece com todo mundo porque né? O tempo é SIM o melhor amigo de todos nós.

Quem aqui num já pegou uma foto pessoal de 1998 e pensou: “Mel Tels! Será que nessa foto eu era bonito assim ou tava chupando limão?”. Acontece oras… Eu por exemplo tenho cada coisa guardada que é quase um folder publicitário de ritual de bruxaria. Lindo que só vendo.

Mas então, digo isso porque todo mundo tá cansado de ver fotos da Amy Winehouse jogada no chão, aprontando escândalos, toda trabalhada na pereba ou vivendo aquele momento “cadê a saúde que tava aqui? O crack comeu!”. Mas assim como nós, Amy Vinhocasa também já teve seus momentos de glória e sexy appeal.

Quando criança, a cantora já tinha carinha de quem não gostava muito de fotos, adorava fazer um bico, mas lá na infância a gente já tinha uma noção de onde vem o conceito daquele cabelo que só Amy é capaz de construir.

Os anos se passaram e o sexy appeal chega tomando espaço. Pele bem cuidada, cabelo bem tratado, aparência de quem ainda conhecia um bom prato de comida, quase uma Musa do Brasileirão.

Mas nem tudo é glamour bêuabô. Amy também já viveu seu momento Stefhany e achava que pra ser famosa tem que ser ousada.

A ousadia no caso seria pegar um vestidinho vermelho básico, daqueles de ir curtir uma tarde de sol no parque, e customizá-lo. Um resto de meia calça aqui, uma renda ali e nada melhor pro acabamento do colo do que pegar aquele tapete de fuxico e fazer aquele babado.

Por falar em babado… E aparelho ortodôntico amiga? Dentista? Já foi?